quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Amor e suas Formas

[texto de Flávio Rocha e Francine Alves]



  

   Imagina só como seria o mundo, se todos fossem poetas
O amor iria ser só amor
Mas não um amor verdadeiro 
Pois nem mesmo os poetas sabem o verdadeiro significado de amar
Eles apenas imaginam o q é amar
Acredito que ninguém sabe o que é amar de verdade,
Porque se soubéssemos amaríamos de fato e para sempre,
Por isso ficamos no imaginar,
Somente imaginar
E tentar encontrar um jeito de demonstrar como é nosso amor
Por mais q tentemos demonstrar este amor
De algum jeito não seria o bastante,
Pois cada um tem o seu próprio jeito d amar...
Pois, pode passar todo o tempo do mundo
E mesmo com toda a sabedoria
Não descobriremos a sua real extensão e força
O amor é assim,
Ao mesmo tempo que simples,
Ele vem com tudo,
E nunca entendemos ao certo o que ele realmente quer de nós
Talvez este deva ser o verdadeiro sentido do amor...
Que nunca iremos saber o significado desta palavrinha pequena
Mas que tem um peso tão grande em nossas vidas...
É o AMOR...
Tão concreto, mas ao mesmo tempo abstrato em nossas vidas!!!


5 comentários:

Jéssica Neri disse...

Que lindo! Manda o Flávio fazer um blog pra ele tbm!

andreleite_22 disse...

Flavinhooo o amor é gasolinaaa!rs
muito bom gostei...nem os poetas sabem oq é amor!

KinhO disse...

- Lindo texto. Deus abençoe vocês! Ah. se um dia eu descobrir o Amor eu conto pra vocês. kkkk

Jéssica Neri disse...

Fran! Olha eu comentando aqui d novo,só que agora com meu outro blog... Se puder da uma passadinha lá e uma comentada tbm rs
http://amorvolezza.blogspot.com/
Amei seu o novo visual do seu blog
bjinhos

Sofia disse...

Francine, você visitou o meu blog e eu vi hoje, obrigada pelo comentário, continue o visitando... meumundoinacreditavel.blogspot.com adorei a poesia, me identifiquei muito continue assim...

Postar um comentário